Cobrador é morto em tentativa de assalto em São José

Por: Sandro Silva (Assessoria de Imprensa Sindicato dos Condutores do Vale do Paraíba)
Publicação: 17/02/2018

O transporte coletivo de São José dos Campos(SP) está de luto. Na noite de ontem (16/02) o cobrador Sidney de Paulo Bonfim, da empresa Saens Peña, de 50 anos, foi morto a tiros durante uma tentativa de assalto na linha 303 (Jd Colonial – Rodoviária) no Jardim Imperial. Segundo informações da Polícia Militar, três homens armados entraram no ônibus e anunciaram o assalto, e a seguir o companheiro Sidney foi baleado. Os assaltantes conseguiram fugir e até o momento ninguém foi preso. Moradores da região acionaram o Samu, mas infelizmente o cobrador não resistiu e veio a falecer no local.

Em protesto contra a falta de segurança e ainda tomados pela dor e tristeza pela perda deste valoroso trabalhador, os companheiros(as) do transporte coletivo de São José, juntamente com o Sindicato dos Condutores do Vale do Paraíba, decidiram em assembleia pela paralisação de todas as linhas urbanas da cidade a partir das onze da manhã até o final da tarde deste sábado. Na rodoviária velha a diretoria realizou um protesto denunciando o descaso das empresas e da prefeitura com a vida dos companheiros(as). Ontem, algumas horas antes do crime, houve uma reunião entre a Saens Peña, CS Brasil e Expresso Maringá com a PM para discutir um plano contra a criminalidade que atinge as linhas de ônibus. A diretoria do Sindicato apurou que, só em fevereiro deste ano, foram 15 assaltos. Era uma tragédia já anunciada, mas as autoridades nada fizeram até que uma vida se perdeu. É realmente de se revoltar.

O corpo de Sidney de Paula está sendo velado no Velório Municipal de Santana e o sepultamento será às 16h30 no Cemitério Municipal Maria Peregrina, também no bairro Santana. Muitos companheiros(as) e amigos compareceram ao velório uniformizados.

O Sindicato dos Condutores do Vale do Paraíba, em nome de toda a Diretoria, funcionários e prestadores de serviço, presta as condolências à família e amigos deste valoroso trabalhador. Neste momento nosso sentimento é de dor e revolta. Até quando os cidadãos de bem, os trabalhadores(as) serão as vítimas da falta de segurança? Onde está o retorno dos caros impostos que todos pagamos? Até quando a impunidade e o desleixo com a população que não tem carro blindado nem segurança particular? Fica o recado para as autoridades de São José. O Sindicato, agora mais do que nunca, vai cobrar atitudes das empresas de ônibus. Quando da paralisação na Pássaro Marron, muitos diziam que era um protesto irregular e prejudicial à população, agora, quando um companheiro é morto justamente pelo motivo da falta de segurança, só quem sofre é a família e amigos. Mas o Sindicato vai continuar sempre lutando pelos trabalhadores(as) do transporte de nossa região! Estamos de luto!

Diretoria do Sindicato em protesto pela morte do cobrador Sidney de Paula, da Saens Peña, na Rodoviária Velha de São José na manhã deste sábado

 

Assembleia na empresa CS Brasil na qual os trabalhadores(as) aderem à paralisação em protesto pela morte do companheiro Sidney

 

Companheiros(as) do cobrador Sidney presentes no velório em Santana em homenagem ao colega que infelizmente perdeu a vida trabalhando

 

O enterro de Sidney no cemitério de Santana com a presença de vários companheiros(as)

 

Compartilhar

Desenvolvedor Web - Relbert Ribeiro