Dia Nacional de Mobilização na próxima terça-feira, dia 13 de agosto

Fonte: www.cut.org.br
Publicação: 08/08/2019

As duras regras para concessão de benefícios previdenciários, o desmonte da educação pública de qualidade e os desmandos do governo de extrema-direita de Jair Bolsonaro (PSL) serão os principais alvos das manifestações marcadas para 13 de agostoDia Nacional de Mobilizações, Paralisações e Greves Contra a Reforma da Previdência. Será um dia nacional de mobilizações, data de luta popular, momento para resistir pelos nossos direitos, e de fortalecer a vontade do povo através de manifestações em todo o Brasil que dizem não a Reforma da Previdência, em defesa da educação e pela Liberdade de Lula.

As mobilizações e o engajamento de todos os sindicatos continuarão, para demostrarem publicamente que o povo brasileiro não aceita o processo de desmonte que estamos passando nos últimos oitos meses de “desgoverno” de Bolsonaro (PSL), como a tentativa de destruição das políticas públicas, mudanças que agravam os danos ambientais, vendas das estatais, incitação ao ódio contra nordestinos, retirada de recursos da educação visando acabar com a qualidade das escolas e universidade públicas, além de tentativa aprovação de regras inalcançáveis para concessão de benefícios previdenciários através da reforma da Previdência.

Portanto, dia 13 de agosto é o dia para escrevermos uma nova página de mobilização e unificação de forças de resistência na luta por nossos direitos. Participe, converse com seus colegas de trabalho, organize seus familiares, mobilize o grêmio estudantil de sua escola e vem conosco pois juntos somos mais fortes.

Em São Paulo, o Ato Unificado com a participação de várias centrais sindicais, irá começar às 15 horas no Masp, na Avenida Paulista e seguirá com caminhada até a Praça da República. Participe! Lute em defesa dos seus direitos!

Compartilhar

Desenvolvedor Web - Relbert Ribeiro