Paralisação na Clarear em Pinda

Por: Sandro Silva (Assessoria de Imprensa Sindicato dos Condutores do Vale do Paraíba)
Publicação: 11/06/2018

Na manhã desta segunda-feira (11/06), os trabalhadores da Clarear de Pindamonhangaba (SP), empresa do setor de fretamento e turismo, cruzaram os braços em protesto contra a recusa do pagamento de dívidas trabalhistas. Isso porque a Clarear perdeu o contrato com a Gerdau e pretendia dar o calote nos companheiros.

Tomando ciência da situação, o Sindicato dos Condutores do Vale do Paraíba, através de sua diretoria, foi ao local e em assembleia realizada com os trabalhadores por volta de 06h45 da manhã de hoje, foi decidido pelo início da paralisação em protesto contra essa tentativa de calote. O protesto terminou aproximadamente às 10h30. Em seguida a diretoria do Sindicato se reuniu com a Clarear para chegar a uma solução para os companheiros. A empresa propôs a extinção do contrato de trabalho dos 17 motoristas que manifestaram interesse de ser transferidos para a Breda, pagando todas as verbas rescisórias, recolhendo a metade da multa de 40% sobre o FGTS, quitando inclusive os valores mensais que serão parcelados junto à Caixa Econômica Federal.

Além disso o Sindicato propôs que a Clarear dê aos trabalhadores um aviso prévio retroativo, de 23/05/2017 à 22/06/2018, com redução de 7 dias, a partir de 16/06/2018. A diretoria do Sindicato levará essa proposta para ser votada em assembleia pelos companheiros, e depois irá encaminhar a lista de presentes e o resultado da votação para a empresa. 

Somente a luta traz conquistas! O Sindicato dos Condutores do Vale do Paraíba continua sempre batalhando pela categoria do transporte de nossa região! 

Compartilhar

Desenvolvedor Web - Relbert Ribeiro